Roubar um coração...








"Para se roubar um coração, é preciso que seja com muita habilidade, tem que ser vagarosamente, disfarçadamente, não se chega com ímpeto, não se alcança o coração de alguém com pressa.
Tem que se aproximar com meias palavras, suavemente, apoderar-se dele aos poucos, com cuidado.

Não se pode deixar que percebam que ele será roubado, na verdade, teremos que furtá-lo, docemente.

Conquistar um coração de verdade dá trabalho, requer paciência, é como se fosse tecer uma colcha de retalhos, aplicar uma renda em um vestido, tratar de um jardim, cuidar de uma criança.

É necessário que seja com destreza, com vontade, com encanto, carinho e sinceridade.

Para se conquistar um coração definitivamente tem que ter garra e esperteza, mas não falo dessa esperteza que todos conhecem, falo da esperteza de sentimentos, daquela que existe guardada na alma em todos os momentos.

Quando se deseja realmente conquistar um coração, é preciso que antes já tenhamos conseguido conquistar o nosso, é preciso que ele já tenha sido explorado nos mínimos detalhes, que já se tenha conseguido conhecer cada cantinho, entender cada espaço preenchido e aceitar cada espaço vago.

...e então, quando finalmente esse coração for conquistado, quando tivermos nos apoderado dele, vai existir uma parte de alguém que seguirá conosco.

Uma metade de alguém que será guiada por nós e o nosso coração passará a bater por conta desse outro coração.

Eles sofrerão altos e baixos sim, mas com certeza haverá instantes, milhares de instantes de alegria.

Baterá descompassado muitas vezes e sabe por que?

Faltará a metade dele que ainda não está junto de nós.

Até que um dia, cansado de estar dividido ao meio, esse coração chamará a sua outra parte e alguém por vontade própria, sem que precisemos roubá-la ou furtá-la nos entregará a metade que faltava.

... e é assim que se rouba um coração, fácil não?

Pois é, nós só precisaremos roubar uma metade, a outra virá na nossa mão e ficará detectado um roubo então!

E é só por isso que encontramos tantas pessoas pela vida a fora que dizem que nunca mais conseguiram amar alguém... é simples... é porque elas não possuem mais coração, eles foram roubados, arrancados do seu peito, e somente com um grande amor ela terá um novo coração, afinal de contas, corações são para serem divididos, e com certeza esse grande amor repartirá o dele com você."

Luís Fernando Veríssimo
-----------------------------------------------------


Olá pessoal!

É com esse abraço da foto que venho pedir desculpas e explicar que, dessa vez, ficarei devendo a publicação dos 10 selinhos que recebi de vocês, o meu muito obrigada pela lembrança de vocês, mas estou numa correria danada, finalizando alguns projetos pessoais, e não tô dando conta de fazer o post com eles e indicá-los como vocês merecem.

Por isso conto com a compreensão de todos, estou programando alguns posts para os próximos dias e por conta de minha ausência temporária não poderei interagir com vocês por aqui, mas não irei abandoná-los não, por favor não abandonem o meu Cantinho. Continuarei indo aos blogs de vocês...

Estou programando aqui, vamos ver se terei criatividade o suficiente, dois posts por dia, um de manhã, por volta das 9 horas, e o outro para a noite, por volta das 19 horas. Conto com a visita e os comentários de vocês que eu amo sempre.

Aliás por falar nisso é cada comentário bacana aqui no meu Cantinho que agrega tanto ao post e por muitas vezes daria um novo post com a contribuição de vocês, adoro todos. Quero que continuem mesmo à vontade!

Bem, é isso deixo aqui beijo, beijo para todos!

She.

Comentários

  1. Oi amiga, passando correndinho pra deixar um abraço aos amigos!
    Lindo fim de semana pra você, adorei o texto!

    ResponderExcluir
  2. Meu anjo, q isso, naum precisa se explicar, selos saum PRESENTES e todos q lhe presentearam com eles, sabem q fazemos com os presentes o q nos convem. Tbm naum precisa se estressar em deixar o blog taum atualizado, naum se afobe dessa forma, ngm vai te abandonar ou te esquecer, pq eh IMPOSSIVEL esquecer alguem como VC, portanto, relaxa e faca o q tenha q fzer, a vida real eh mto importante.
    Bjos, otimo fds pra ti.

    ResponderExcluir
  3. Anjo, querido, tô aqui rindo com o seu comentário... rsrs Acontece que as pessoas são sensíveis e algumas ficam sim tristes e até magoadas quando não publicamos os selinhos, por elas não me custa nada explicar, entende? Ah e não tô afobada não, só quero manter o meu blog atualizado, só isso... e obrigada, querido, pelas palavras carinhosas dizendo que é impossível esquecer alguém como eu, que fofo, beijo, beijo e tenha um excelente fds!

    ResponderExcluir
  4. Adoro tudo que o Luís F. Veríssimo escreve! Sou até suspeita se elogiar o texto! (rs*)
    Menina, sem tempo e postando duas vezes no dia? Acho que no caso, um dia sim e outro não seria o ideal!! Os selinhos depois você posta tudo junto!! :) Boa sorte!! Beijus,

    ResponderExcluir
  5. Capzzzz guria...te abandonar deu que jeito???
    Se aqui tem sempre coisas boas pra ler!!! Imagina...eu to sempre por aqui...adoro o que tu escreve!!

    Bom findi...

    Bjos no ♥

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito da foto. O texto do Veríssimo é encantador como tudo o que ele escreve. Abraços

    ResponderExcluir
  7. que lindo esse texto do coração...ai ai...rsrsrs..

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Ei, seja bem-vindo! Deixe aqui as suas impressões...

Postagens mais visitadas deste blog

Plástico-bolha surgiu por acidente

A pegada