Não consigo ver problema...

imagem daqui
Desde que a legalização do casamento gay saiu na Argentina que estou pra fazer um post e com tanta coisa na cabeça acabei deixando, uma parte desse texto, somente no rascunho...
Mas hoje chegou o dia.
Uma das coisas que mais me assusta na vida é a hipocrisia de algumas pessoas que, quase sempre, é seguida de um falso moralismo. Não, não estou afirmando que as pessoas que são contra o homossexualismo são todas hipócritas, claro que não, mas que algumas são não podemos nos cegar para esse "detalhe"...
Eu sinceramente não consigo entender porque algumas pessoas perdem tanto o seu tempo criticando, apontando, alarmando e vivendo a vida dos outros.
O melhor sentimento do mundo é, sem dúvida nenhuma, O AMOR, então por que esse sentimento só pode ser vivido em sua intensidade por pessoas hetero? Onde tá escrito isso?
A gente quando conhece alguém que abala gostosamente a nossa estrutura sentimos vontade de estar junto dela, e vontade puxa vontade, nos apaixonamos, namoramos, curtimos, e quanto mais vivemos essa relação os planos vão surgindo até que chega a hora de viver com ela para sempre, mesmo que para alguns casos, esse para sempre seja enquanto dure, e daí, o que importa é viver esse amor!!! E isso é um direito adquirido por todos os seres humanos, independente de suas escolhas.
Quem foi que disse que um casal hetero não pode ser bizarro aos meus olhos, ou aos seus?
Por que bizarrice, para algumas pessoas, é sinônimo de relacionamento entre pessoas do mesmo sexo?
Definitivamente eu não entendo...
Eu sou totalmente a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo pelo simples motivo de ser TOTALMENTE A FAVOR DO AMOR.
Conquista mais do que merecida e tardiamente conquistada, mas antes tarde do que nunca!
Espero a hora de ver isso também em nosso país!
Tenho certeza que essas minhas palavras chocarão alguns de vocês, não me importo, desculpa, e acho que fica a dica de que precisamos mais prestar atenção às coisas da vida que realmente farão diferença em nossa vida.
No que interfere na minha vida as suas escolhas? E no que as minhas escolhas interfere na sua vida?
Se não somos a metade da laranja envolvida vamos combinar que nada temos a ver com o fato de uma pessoa ser hetero ou homossexual, certo? Pense nisso...
E seguindo os planejamentos naturais na vida de qualquer pessoa eu também sou totalmente a favor da adoção de crianças por pessoas do mesmo sexo.
O importante é dar amor, carinho, educação, saúde, discernimentos, formação e um lar recheado de carinho para as crianças.
Que esses casais sejam felizes com seus filhinhos da mesma forma que outros casais são.
E vamos parar com isso de misturar religião com a opção sexual das pessoas, pois como eu costumo dizer uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa...
Para viver um grande AMOR o que menos importa é a opinião dos outros, pois você sendo contra, ou não, as pessoas se apaixonam e gostosamente vivem esse amor, então ninguém vai desistir do seu amor porque uma parte da sociedade não aceita.
Vamos amar galerinha! Vamos viver os nossos amores que é um sentimento deliciosamente lindo! Independente de sua opção sexual o importante é ser a favor do amor em sua plenitude total!
Pronto, falei!!!
Beijo, beijo!
She.
Texto: Sheila Mendonça.

Comentários

  1. concordo contigo, até fiz um post na semana passada sobre o tema.
    Direitos iguais,e respeito.
    todos pagam a mesca carga tributária d impostos, e pq a lei não beneficia a todos.
    Direito de amar, de realizar os seus sonhos ´deve ser para todos os cidadãos.
    Felicidade e respeito todos devem ter.
    (nevou no RS e postei fotos no blog)

    ResponderExcluir
  2. Finalmente a 1ª pessoa da família, e mais velha q eu, que tem argumentos qnto a esse assunto! Pq o q mais vejo é o povo falar: "isso é uma vergonha". E eu pergunto: "pq?" Vc acha q tem alguma resposta depois disso? Pois é, não tem!
    Concordo com td o q foi escrito aqui, prima!

    Um dia, assistindo CQC na Band, ouvi e vi um padre falando: "um casal só é casal quando formado por um homem e uma mulher. Duas pessoas do mesmo sexo não formam um casal".

    Uma coisa não entendo (uma pequena relação com religião - a minha - e esse assunto tão polemico): O que é que tal(tais) religião(ões) prega(m) e louva(m)? O AMOR ENTRE AS PESSOAS!!! Então por que ser contra casamento entre homossexuais?

    Sou tão a favor qnto vc, prima! Tanto ao casamento qnt a adoção de criança por um casal homossexual!

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  3. Totalmente apoiada!! Amar é o que importa. Se amassemos mais, nos importaríamos menos com o amor do outro. Concordo quando diz que há por aí muitos relacionamentos hetero bizzarros, enquanto muitos homo, repletos de amor e respeito. E que não haja! Cada um sabe de si e ama à sua moda.
    Torço para que chegue logo ao Brasil, paizinho retrógrado demais. E apoio e aplaudo a adoção de crianças por pais do mesmo sexo. Por que não? Se há amor para dar, por que mantê-las institucionalizadas, criadas coletivamente, quando podem receber atençao particular?
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Querida She, já estava saindo quando vi o seu post
    Acho muito válido tudo que escreveu e não vou falar aqui em termos de religião e sim em termos de espiritualidade, porque como vc mesma disse uma coisa é uma coisa e outra coisa e outra coisa rsss
    Acreditar em Deus ou ter uma religião não é ser espiritualizado e isso eu já comentei em um post em meu blog
    Diante da espiritualidade não existe sexo, então não dá pra discutir o sexo dos anjos rsss
    Todos estamos aqui representando um papel e em muitos deles no passado já fomos homem e mulher
    Então... quando 2 almas se reencontram, as vezes estão vivendo o papel no mesmo sexo,mas o amor que há entre elas independe desta condição
    Os homossexuais acabam se interessando só por pessoas do mesmo sexo tb pq precisam passar pelo preconceito das pessoas como forma de aprender algo que ficou lá atrás, então não podemos julgar
    Eu gosto da liberdade de expressão e que cada um seja feliz da maneira que escolher e achar melhor
    Tenho amigos homossexuais maravilhosos, e que são muito mais gente do que muito machão por aí rsss
    Então minha amiga, que cada um seja feliz do seu jeito!
    Beijos de luz pra você!

    ResponderExcluir
  5. Ah!!!!!!! Que sensação boa quando dizemos: Pronto falei!

    Adorei seu texto! Liberto!


    beejao , ta?

    ResponderExcluir
  6. Concordo em Genero, numero e grau com vc She..."Consideremos justa, toda forma de amor.." Hj Tõ com Lulu na cabeça..rsrsr

    ResponderExcluir
  7. Oi She!
    Concordo com tudo que vc disse.
    Vc só erra quando diz que é uma opção...não é uma opção.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Oi Marcos vc tem toda razão, não é uma opção!
    Inclusive essa sua obs daria um novo post...
    Bjo!

    ResponderExcluir
  9. Sinceramente She que eu acho que as pessoas podem fazer o que bem entenderem de suas vidas, só que não dá para se verem livres das consequências dos seus atos.

    E falando em consequências, vamos ao nosso momento filosófico:


    MOMENTO FILOSÓFICO.

    Um professor de filosofia parou na frente da classe e sem dizer uma palavra pegou um vidro de maionese vazio e encheu com pedras de uns 2 cm de diâmetro

    Então perguntou aos alunos se o vidro estava cheio.

    Eles concordaram que estava.

    Então o professor pegou uma caixa com pedregulhos bem pequenos, jogou-os dentro do vidro agitando-o levemente. Os pedregulhos rolaram para os espaços entre as pedras.

    Ele então perguntou novamente se o vidro estava cheio.

    Os alunos concordaram: agora sim, estava cheio!

    Então o professor pegou uma caixa com areia e despejou-a dentro do vidro preenchendo o restante.

    Agora, disse o Professor, eu quero que vocês entendam que isto simboliza a sua vida...

    As pedras são as coisas importantes: sua família, seus amigos, sua saúde, seus filhos, coisas que preenchem a sua vida.

    Os pedregulhos são as outras coisas que importam: o seu emprego, sua casa,seu carro...

    A areia representa o resto. As coisas pequenas.

    Se vocês colocarem a areia primeiro no vidro, não vai haver mais espaço para os pedregulhos e as pedras. O mesmo vale para a sua vida. Cuidem das pedras primeiro.Das coisas que realmente importam. Estabeleçam suas prioridades. O resto é areia!

    Mas então, um aluno pegou o vidro que todos concordaram que estava cheio e perguntou novamente se o vidro estava cheio. Os alunos concordaram: agora sim, estava cheio!
    Então ele derramou um copo de cerveja dentro do vidro.

    Claro, a areia ficou ensopada com a cerveja preenchendo todos os espaços restantes dentro do vidro e fazendo com que ele desta vez ficasse realmente cheio.

    Então disse:

    Não importa o quanto sua vida esteja cheia de coisas e problemas, sempre sobra espaço para uma CERVEJINHA...


    Até...

    ResponderExcluir
  10. Ei querida!

    Porque você é nossa seguidora viemos correndo te convidar para participar da Campanha "Ler é Fashion".

    Entre na moda e participe do sorteio!

    Beijos

    Fla e Ge
    Equipe "O que elas estão lendo!?"

    ResponderExcluir
  11. Falou tudo e muito bem, She.

    O que vale realmente é o amor entre as pessoas. O que importa o resto?
    Tantos machões pedófilos, tantas senhoras madames com seus "bichinhos de estimação" de 18 anos. Ah, eu com um. rsrsrs (abafa)

    Felicidade é direito de todos. E nem coloquem religião ou qualquer outro motivo no meio da conversa. Também não aceito.
    Adorei a prosa. Estamos em sintonia sobre o assunto.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  12. Assino embaixo amiga.

    Uma gde postagem.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  13. Assino embaixo amiga.

    Uma gde postagem.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  14. Sheila. O amor é um direito de todos nós. Criticar e apontar falhas alheias é próprio daqueles que não conseguem se enxergar. Por que você fica olhando o cisco no olho do seu irmão, e não presta atenção à trave que está no seu próprio olho? Mt, 7: 3-5. Beijos, amiga.

    ResponderExcluir
  15. Precisamos evoluir junto com as demandas da sociedade. Hoje, é inadimissível ser intolerante com as relações homoafetivas.

    abraços

    ResponderExcluir
  16. Oi Amoreca, boa semana!

    Você disse tudo e os queridos acima também...
    Mas de tudo o mais importante é o amor e o não julgar!

    Beijokas

    ResponderExcluir
  17. Parabéns! Cada um sabe de si e não devemos hostilizar ninguém. Que prevaleça sempre o amor! Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Linda She, como sabes sou lésbica, durante anos de mais vivi castrada, principalmente por uma família que já não me aceitava mesmo quando me assumia como heterossexual. Acho mesmo que eu própria me castrei com a necessidade que tinha de ser aceite, casei, tive um filho que é a única coisa de positivo que tive nessa fase da minha vida, ele vale tudo a que me privei, faz com que essa época tenha valido a pena.

    Felizmente fui aprendendo a gostar de mim, fui entendendo que eu era a pessoa que queria ser e se alguém estava errado eram eles e não eu.

    Hoje aceito-me totalmente, tenho a certeza que não foi uma escolha, que já nasci assim.

    Não dou a ninguém o direito de opinar sobre a minha vida, vivo com a mulher que amo, espero brevemente ter ao nosso lado o meu principie e luto diariamente para não ser marginalizada apenas porque ponho em prática a minha maneira de sentir e deixei de ser hipócrita ao tentar sentir algo que não sentia.

    Sou crente, acredito em Deus, e acredito que se Deus pai me fez assim é porque me aceita tal e qual como sou e quer realmente que eu viva de acordo com a maneira como ele me criou. Não são seres humanos (neste caso padres) que me irão julgar.

    Sou um pouco mais radical que tu, talvez porque sinta diariamente na pele, mas para mim, todas as pessoas que são contra os homossexuais são hipócritas sim, que direito tem qualquer outra pessoa de me criticar pelo facto de eu viver a minha vida à minha maneira? Incomodo alguém? Influencio as suas vidas? A celebre frase " a minha liberdade acaba onde a do outro começa" também deve ser interpretada como "a minha liberdade SÓ acaba onde a do outro começa" ou " A liberdade do outro começa apenas onde a minha acaba".

    Beijinhos linda e agradeço-te por este post em nome de todos os homessexuais

    ResponderExcluir
  19. Querida Miss Rabbit!
    Fiquei feliz com o seu comentário, obrigada, viu! E não precisa agradecer não, querida! Eu te desejo toda a felicidade desse mundo e tb quero te parabenizar por vc se aceitar exatamente do jeito que vc é, só quando a gente se ama somos capazes de amar. ;)
    E é claro que Deus te aceita, preconceitos bobos e sem fundamentos é defeito humano.
    Beijo, beijo!

    ResponderExcluir
  20. Palmas ao seu post, a cada palavra sua minha amiga, vc sabe bem o que penso em relação a isso e fico feliz de vc expor com tanta naturalidade o que pensa a respeito desse assunto. É por essas e outras coisas que te admiro cada vez mais.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  21. Sabe She, é bem mais fácil teorizar sobre o tema do que realmente conviver com ele ,ou aceitá-lo pacificamente.
    Concordo com você porém, não sei se veria com essa simplicidade, caso minhas filhas tivessem outra opção sexual.
    Respeito e muito cada escolha e não julgo não, concordo que o amor deva ser o lema independente da natureza , mas temos também que considerar que não é nada fácil a princípio, pois tudo que vai na contra mão do esperado e lógico, precisamos de um tempo para digerir e aí sim trabalhar para aceitar com naturalidade.
    Aliás, acredito ser difícil até mesmo para as pessoas que se descobrem homosexuais , também elas devem lutar muito ants de se revelarem e se aceitarem .
    Aprovo sim a união e o direito de adotarem crianças , mas fácil não é não.
    Haverá um tempo, acredito, em que tudo será visto como parte do contexto , pois as coisas caminham para isso .Grandes mudanças estão ocorrendo em todos os segmentos , colocando os conceitos válidos até então em total cheque mate.
    Esse tema assim como outros muitos, são pertinentes, porém muito polêmicos ainda.
    Gostei muito dessa postagem.

    Fique com Deus.
    Beijo com carinho.

    ResponderExcluir
  22. Sheila vc disse tudo flor
    Apoio d+...
    Amor a gte não escolhe,
    Ele simplesmente acontece, neh
    Não importa o sexo, a raça, a religião...
    Nada... ele flui sem q percebamos...
    Qdo a gte vê... já estamos completamente amando.
    e assim q tem q ser...
    Viva o AMOR!
    Bjoos
    =)

    ResponderExcluir
  23. Oi She...

    Percebi que seu lay tbm mudou, e ficou lindo viu,quer dizer entw q vc viu o sapatinho crocs e achou feio?Concordo,bonito nw é mesmo, mas é a moda...rs!
    Pra ser e estar na moda tem que chocar!
    Assim como o assunto desse seu post,alguns se sentem no direito de protestar,envolver religião,enfim é polêmico.
    Mas concordo com vc, o importante é o amor.
    Conheco casais do msm sexo que fariam inveja a muitos casais heteros.Sem contar que a maioria desses casais que se assumem geralmente tem uma vida social e financeira bem estável,capazes de lutarem por suas opções e escolhas e arcar com elas.
    Tbm nw vejo problema casais assim adotarem filhos,pois o que importa na criação de uma criança é o amor.
    Acho que a Argentina por conta disso esta 1 passo a frente do Brasil e espero que o Brasil logo aprove essa relação entre pessoas do mesmo sexo.

    Ótimo post e serve para que muitas pessoas avaliem conceitos e olhe essa forma de amar com olhos menos crítico!

    Bjs e otima semana!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Ei, seja bem-vindo! Deixe aqui as suas impressões...

Postagens mais visitadas deste blog

Plástico-bolha surgiu por acidente

A pegada