quinta-feira, 28 de abril de 2011

O GOZO COM AS PALAVRAS


imagem daqui


Tinha um ritual para escrever que qualquer ruído externo atrapalhava a sua concentração. Colocava a casa em penumbra, e deixava somente a sala acesa. Através da música preparava-se para receber a inspiração dos ruídos de sua mente. A música: podia ser clássica, mas tinha que ser intensa.

E assim a tela branca ia tomando forma em letras ainda desconexas por ter o hábito de escrever sem programar nada. Nem sabia o destino de seus personagens, e nem a história que caminho percorreria. O importante era saber-se ali no meio dos livros e da certeza de que seus dedos produziriam, mais uma vez.

Sempre ouviu falar que escrever é um ato solitário, situação que nunca havia experimentado, pois sua sala de leitura era um cômodo de movimento literário constante: vozes ecoavam de todos os personagens impressos e dos que sugiam, onde apenas psicografava.

Problema para o escritor não era escrever sozinho, e sim, a inspiração quando insistia em não visitar. O desespero batia. Quanto mais a desejava aí mesmo ela se afastava. No esconde-esconde mental, sentia que ela era igual a uma criança traquinas.

Abria então um bom vinho, relaxava, e assim a inspiração chegava. Quanto mais tinha medo de seu algoz, mais ela se definia. Os anos de experiência, no seu maior prazer, ensinaram que, ao relaxar, a inspiração conquista o planejado e sossega.

A possibilidade do nascimento de mais um filho ratifica o elixir de sua existência, o saber onde chegou nessa vida, e para aonde vai. O gozo com as palavras vai além da imortalidade impressa em seus livros.


SHEILA MENDONÇA




ATENÇÃO: O Plágio é crime e está previsto na Lei nº9610 sobre direitos autorais!


62 comentários:

  1. Uauuuu! Eu disse: U-auuuu!rs. Adorei a forma como você colocou. Esse ritual tão pessoal, único e o desespero visível quando a inspiração parte em retirada e foge sem rumo. O desejo que ela retorne e se renda... É fato: Não há solidão no ato de escrever porque nunca estamos sós.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Olá She

    Saudades de vc amiga. Uma passadinha rápida da deixar um...

    Bjooooooooooooo...........
    http://amigadamoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Sheila, estou trabalhando num conto sobre a atividade da escrita , o oficio do escritor. Sabe como eu gosto de escrever? Em público. Adoro ir para um local com grande circulação de pessoas , ficar observando e daí sai muita coisa. Escrevo em casa com silencio tb mas não é tão bom, normalmente em casa eu apenas burilo os textos.

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Hahahahaha Mi, dei uma gostosa gargalhada aqui lendo o seu comentário...rsrs Que bom que curtiu! Concordo contigo tudo que não combina e não é de fato no ato de escrever, é uma possível solidão, estamos no meio de uma multidão entre personagens, ideias, palavras, criatividade... Cadê a solidão, né?! ;) Bjo, bjoooo!

    ResponderExcluir
  5. Oi minha querida, ando meio ausente do seu Cantinho, mas voltarei, saudades tb... ;) Bjo, bjo!

    ResponderExcluir
  6. Oi Vanessa, na realidade o conto não é um autorretrato, e sim, pura ficção, não é dessa forma que escrevo... E qto a sua preferência tb curto muito, até porque a rua é um palco de inspirações. ;) Bjo, bjoooo!

    ResponderExcluir
  7. Que sutileza isto She!: "vozes ecoavam de todos os personagens impressos e dos que sugiam, onde apenas psicografava."

    Bjus amiga!
    Sempre muito bom vir aqui!

    ResponderExcluir
  8. Muito bom She.
    A inspiração brinca com os escritores. Vem e vão a qualquer instante.
    E então o desespero de escrever se faz.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  9. She, seja qual for a preferência no ato de escrever, estou aqui para aplaudir...
    Um grande abraço!
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  10. Nossa She, arrasou!!
    E nao precisa ir muito longe nao, euzinha aqui, humilde blogueira, sinto exatamente isso em relação a inspiração.
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  11. muito legal! Faz tempo que nao comentava mas to sempre por aqui lendo viu?

    ResponderExcluir
  12. É fascinante o mundo das palavras, surge a ideia e cada letra vai formando a palavra, cada palavra vai formando a frase e derepente um texto maravilhoso surgiu, como este que aqui estou lendo... o gozo com as palavras vai além da imortalidade impressa em seus livros. Ótimo, você escreve muito bem. Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Sempre criativa e brilhante. Siga em fente, torço por ti.

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi querido William.... Ahhhhh obrigada, que bom que curtiu, fico feliz! Volte sempre e fique à vontade, te devendo visitas, mas chego já por aí... ;) Bjo, bjo!

    ResponderExcluir
  15. Exato Nilcinha, é assim mesmo, essa tal inspiração tem vida própria, minha querida! ;)
    Beijo, beijo e SHEirinhos!

    ResponderExcluir
  16. Ahhhhh Dora que lindo, obrigada e te digo o mesmo, querida! Bjo, bjooooo!

    ResponderExcluir
  17. Ahhhh Tati que bom que gostou, obrigada! É isso mesmo, minha Lindona, isso tudo serve para o ato de escrever no Blog também, claro, por que não?! ;) Beijo, beijooooo

    ResponderExcluir
  18. Oie Desabafando, é sempre um prazer te ter por aqui, quero que fique à vontade do jeito que for, beijo, beijooo! ;)

    ResponderExcluir
  19. Amei o seu comentário Esplendor, é isso mesmo, obrigada querida! Fico feliz que vc gostou do conto! Bjo, bjo!

    ResponderExcluir
  20. Oi querida Carol, muito obrigada por esse comentário fofo e valeu a torcida, fiquei feliz! Beijo, beijo!

    ResponderExcluir
  21. Sheila,no ato de escrever há para cada um jeito!Eu não corro atrás da poesia,ela me persegue na observação da vida e das pessoas!Ás vezes tb não vem nada,mas dentro de mim,não há vazio,mas sempre constante atividade!Costumo esperar.Como vc acredito que escrever é prazer e não uma produção industrial!...rsss...temos apenas que deixar fluir quando quiser!Lindo e reflexivo texto que adorei ler!Bjs,

    ResponderExcluir
  22. Por vezes, escrever transforma-se em exercício tão envolvente quanto misterioso.
    No http://cadinhhoroco.blogspot.com fotos dos painéis, oleo sobre tela, em oferta.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  23. Eu procuro manter um bloquinho sempre por perto porque a danada da inspiração vem em momentos inusitados. Lindo fim de semana. Beijooooos literários.

    ResponderExcluir
  24. Boa noite, querida amiga Sheila.

    Escrever é um prazer tão grande, que acho que as crianças deveriam praticar mais, desde o período de alfabetização.

    Um grande abraço.
    Felicidades!!

    ResponderExcluir
  25. Menina vc se puxou nessa né? Adorei o testo, e eu sou assim tem que estar todo mundo quietinho mesmo kkk.

    Bjs

    ResponderExcluir
  26. Noooooosaaaaa She que texto hein!!!! Bacana por demais... acho que só a garotada de hoje em dia para se concentrar com a tv ligada, o som etc... também gosto de silêncio... beijinhos

    ResponderExcluir
  27. Adorei seu cantinho, de verdade verdadeira! Sou um tipo de "escritora, jornalista, artista..." frustrada, por motivos extra pessoais e por minha covardia também. Agora resolvi virar blogueira para repartir as minhas opiniõesm o que sei, o que gosto, como também aprender neste vasto mundo blogosférico. Mas ainda sinto-me travada para expor minhas verdadeiras emoções.Estou dando tempo para a inspiração e a coragem chegarem !

    Estarei sempre aqui para desfrutar de sua leveza ao escrever!
    Beijo grande,

    Rita Barroso

    Visite o:

    http://blogdachickitabakana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Amiga querida ...Amei o texto muito bom...
    Que todos os dias quando você acordar...
    receba dos Céus a bênção de ter
    sempre por perto as pessoas que te amam...
    Um final de semana com toda sorte de benção bjs!!!

    ResponderExcluir
  29. She

    Ler seus textos me fazem muito bem. POsso dizer que sou uma escritora nas horas vagas e não de profissão.

    O que sei é que os meus bons textos ( assim os sinto) alguns foram rabiscados dentro de um ônibus. Vem a idéia e corro para pegar um papel e começar a escrever e esqueço o que está a minha volta. Quantas vezes passei do ponto de saltar...

    Tem tempo assisti a uma palestra do Professor Marins e um dos assuntos ficou marcado porque é uma verdade que todos vivemos.
    Ele disse que todos nós devemos ter sempre por perto um bloquinho para anotações, seja no banheiro, na cabeceira da cama, no escritório, no carro, na bolsa ... etfc porque , principalmente pela manhã é quando nascem as grandes inspirações, as grandes idéias, quando despertam soluções que jamais imaginamos. É assim que surgem as grandes obras e nascem os grandes homens.

    Bem vou parar por aqui porque como vem assuntopara escrever.

    Beijos e um lindo fds

    ResponderExcluir
  30. Oi She

    A inspiração pode demorar horrores, mas sempre dá um jeito de aparecer uma hora!
    Quizera eu ser assim tão inspirada...

    Beijocas querida!

    Bia
    www.biaviagemambiental.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. Oi She!
    Inspiração em ação!!
    Beijos e boa semana!
    Carla

    ResponderExcluir
  32. She, deixei um troféu para vc em meu blog. Muita paz!

    ResponderExcluir
  33. Olá queridaaa!!

    Na época da coletiva da Jaque, nos conhecemos por trocas de histórias e vc conheceu aminha por cima.

    Então, agora estou relatando toda dor que passei, enfrentei e superei. Te convido a acompanhar!!!

    Beijoooooos

    ResponderExcluir
  34. Aff! Essa tal inspiração é uma tirana, isso que sim!!! Não visita todo mundo que quer ser visitado! Acho que por isso eu sempre tive muita admiração por escritores: já tentei escrever um livro por diversas vezes e a história tá lá, viva, vibrante, com persponagemns se debatendo dentro da minha cabeça, mas quando vou colocar no papel... eles fogem! somem! desaparecem e eu não consigo mais achá-los depois das três primeiras linhas rabiscadas. E então eu fico pensando em como alguém consegue escrever um livro inteiro, centenas de páginas!! Haja música clássica!
    Se eu fosse beber todo o vinho necessário para conseguir um conto, viraria alcoolatra!! Isso é para quem tem o dom, She, Deus te deu de presente, parabéns!!
    Um beijão e boa semana , amiga.

    ResponderExcluir
  35. Oi She, muito legal teu texto, realmente pra nós que escrevemos as vezes é complicado, pois a inspiração fica passeando e nada de vir... aí o jeito é ralaxar e esperar rsss
    Beijos e boa semana pra ti!

    ResponderExcluir
  36. She... oi meu bem.

    puxa, fiquei lendo o seu post e achei interessante.

    o meu toc é meio doido, rs
    e acabo usando ele a meu favor, pra escrever.

    já perdi muita ideia boa por não anotar (como disse a Irene)
    mas eu fico muito brava, quando preciso escrever e a tal inspiração foge da gente.

    Ela é danadinha, né.

    Parece que tem vida própria.

    rs
    amei o seu texto, incrivel este talento que você tem com as palavras.
    beijos.

    ResponderExcluir
  37. Oi Queridonaaaaa!
    passando para lhe fazer uma visitinha e trazer um mimo pra vc! rsrsrsrsrs rastreie esse numero PB239075835BR log-logo ele vai bater nas sua porta!

    beijos

    ResponderExcluir
  38. Só vc, minha flor, pra retratar tão bem um momento como esse!!
    Ja liberei os blogs. depois vou pegar seu email, pretendo fechá-los e deixá-los só para convidados!
    bjkas

    ResponderExcluir
  39. OI she,
    ...é, escrever é um direito adquirido pelo ser humano mas, se expressar é um dom e não é para qualquer um e esse dom vc tem. Muitos, como eu,rsrs, tentam se expressar mas confesso que as vezes sou melhor compreendida pelo olhar, fazer o que, né!
    Acho que em meio a tanta criação, personagens, estórias, não há lugar para solidão.
    Ainda vou comprar seu livro!
    Ótimo texto.
    Bjs

    ResponderExcluir
  40. Olá She.
    Adoro ler, e o que você escreveu, acho que concordo, com música ambiente, e uma sala cheia de personagens a nos trazer inspiração.
    Beijo
    Maria Luiza (Lulú)

    ResponderExcluir
  41. Oi!
    Fazia tempo que não aparecia, mas adorei a coincidência de visitá-la e topar com esse post sobre inspiração.
    Pois li em uma matéria (mando o link) que a inspiração está ligada à repetição, a uma rotina. Não é interessante? Um horário, uma música e aquilo cria um estado psíquico propício que auxilia no processo criativo.
    Espero que tenhas gostado da dica! Aí abaixo, o link.
    http://the99percent.com/tips/7007/How-Mundane-Routines-Produce-Creative-Magic

    ResponderExcluir
  42. Isso mesmo querida Anne! Escrever pode ser puro gozo, cada um que encontre a sua forma de inspiração. Adorei a sua participação! Beijo, beijo!

    ResponderExcluir
  43. Olá Cadinho!
    "Por vezes, escrever transforma-se em exercício tão envolvente quanto misterioso." Simplesmente perfeito! É isso aí! Beijo, beijo!

    ResponderExcluir
  44. Hahahaha é verdade mesmo querido Edilson...rsrs Excelente semana! Bjo, bjo!

    ResponderExcluir
  45. Concordo totalmente querida Amapola, até pq qto mais lemos, mais vontade temos de ler, e qto mais escrevemos, mas a vontade aparece... E uma está obrigatoriamente ligada a outra. Adorei, obrigada pelo comentário! Beijo, beijo!

    ResponderExcluir
  46. Hahahahaha eu adoro esse jeitinho gaúcho de falar... Apesar desse meu conto ser ficção, eu tb preciso de silêncio, embora tb já tenha tido inspirações em pleno tumulto da cidade...rsrs Beijo, beijo Lindinha Luana!

    ResponderExcluir
  47. Oi Fabi, obrigada querida, fico feliz que tenha gostado do meu conto... Engraçado que quando eu era criança só conseguia estudar ouvindo música...rsrs Se bem que isso da música é até hoje, só trabalho, estudo e escrevo ouvindo música...rs Beijo, beijoooo! ;)

    ResponderExcluir
  48. Olá Rita, seja sempre muito bem-vinda ao meu Cantinho e fique à vontade por aqui. Estou indo aí te conhecer, obrigada pelo comentário carinhoso e o que eu posso te dizer é: tente escrever, em primeiro lugar para vc mesma, depois para os outros, os feedbacks são sim importantes, mas precisamos amar escrever para que os outros curtam os nossos textos... ;)
    Beijo, beijo!

    ResponderExcluir
  49. Obrigada Sonhos de Deus e que vc tb tenha sempre ao seu lado tudo isso!
    Beijo, beijo!

    ResponderExcluir
  50. Ahhhh querida Irene fico sempre muito feliz qdo vejo que vc curte os meus textos, muito obrigada! Concordo totalmente com o Professor Marins, bloquinho de anotações vai muito bem, nem que seja para fazermos um esboço da criação que está por vir... Qdo tenho uma ideia na rua, anoto no celular...hahaha
    Beijo, beijo!

    ResponderExcluir
  51. Isso é verdade mesmo Bia, uma hora ela dá o ar da graça...rsrs Beijo, beijo!

    ResponderExcluir
  52. É isso aí mesmo Carlinha, inspiração em ação pra cá e pra aí, tá?! ;) Bjo, bjo!

    ResponderExcluir
  53. Oi Denise, muito obrigada pela lembrança, já fui aí pegar e coloquei em meu sidebar! ;) Bjo, bjo e adorei!

    ResponderExcluir
  54. Oi Bruninha, claro querida, estou indo aí sim, beijo, beijo

    ResponderExcluir
  55. Hahahaha Pequena Cristal, muito bom o seu comentário! Adorei mesmo! Que bom que gosta de meus textos, fico muito feliz, obrigada minha querida!
    Beijo, beijooooo!

    ResponderExcluir
  56. Oi querida Isa que bom que gostou, é isso mesmo relaxar...rsrs Beijo, beijooooo e obrigada!

    ResponderExcluir
  57. Ahhhhh Liliane, obrigada por seu carinho, minha querida, vou te dar uma sugestão, qdo vier alguma inspiração escreva os pontos principais da ideia que surge em qq lugar: guardanapo, bloco, celular...
    Depois me conte! Beijo, beijo

    ResponderExcluir
  58. Obaaaaaaaa Jô! Beijo, beijo queridona!

    ResponderExcluir
  59. Obrigada querida Déia! ;)
    Ahhhh qto aos Blogs continuo sem conseguir... :( Vou te mandar o meu e-mail por msg lá no Face, bjo, bjo!

    ResponderExcluir
  60. Oi querida Flaviane, obrigada pelo carinho e elogio, que bom que gostou do conto. Ahhhh fique à vontade em relação a Cabra Cega, mas depois que ler me conte o que achou, tá?! Bjo, bjo!

    ResponderExcluir
  61. Isso mesmo Lulú, beijo, beijo minha querida!

    ResponderExcluir
  62. Olá Cinderela, que bom te ver por aqui! Menina, amei a dica e tb acredito muito nisso... Beijo, beijo e obrigada por compartilhar a dica! ;)

    ResponderExcluir

Ei, seja bem-vindo! Deixe aqui as suas impressões...