Preconceito X Sex Shop

clicando na foto acima, 
você é direcionado ao meu perfil no Instagram, 
seja bem-vindo e enjoy 😄




Olá, meus queridos!

Lendo uma reportagem na Revista de Domingo desta semana parei pra pensar sobre o preconceito e resolvi compará-lo com Sex Shop, já que o insight veio em uma reportagem com este tema.

Quando as pessoas preconceituosas olham para um Sex Shop imaginam que lá dentro só tenha bonecas infláveis ou diversas próteses de pênis e vibradores para todos os lados, certo? Certo. Ou então ao pensarem em seus frequentadores limitam o mundo aos pés apenas de lésbicas, homens tarados e sozinhos ou mulheres encalhadas, certo? Certo.

Por isso escrevi que o preconceito provoca sempre uma interpretação rasa. Porque a pessoa fica tão limitada aos parâmetros do seu preconceito que nem para pra pensar que muitas vezes quem frequenta esse ambiente são casais, inclusive os héteros, apenas com o intuito de apimentar sua relação. E por que não? Se for do consenso dos dois vale tudo.

Ahhhhh e não pense você que lá dentro só tem bonecas infláveis e pênis para todos os lados, nananinanão. O mundo do prazer, meus caros, é vasto, bem vasto. Aliás, é colorido, cheiroso, amplo e criativo. Vejam vocês que hoje em dia existe um mercado variado de cosmético para a hora h.

É creme pra isso, pomada para aquilo, bolinha para o pompoarismo, gel com pimenta, gel que arde, bolinha que vibra, que explode, que queima, leva à loucura. Socoooooorro!

Mas calma, não pecisa sair correndo, não vou entrar em detalhes, até porque os detalhes ficam entre quatro paredes e você ficará aí com suas minhocas proliferando e sem saber se já usei ou não esses brinquedinhos.

O tema não sou eu, meu povo, e sim o preconceito. Segurem a curiosidade!

Comparei ao Sex Shop, mas é só floreio, só metáfora. A interpretação é rasa para qualquer tipo de preconceito.

Acho sinceramente que quem é preconceituoso perde oportunidades. Claro que você não é obrigadado a fazer seja lá o que for, porque é feio ser preconceituoso. Ou ir a um lugar que detesta, porque tá fora de moda ser preconceituoso. Nada disso.

Mas não precisa detestar ao ponto de se fechar em copas e não saber que existe. Principalmente não precisa ser preconceituoso ao ponto de exercer e atiçar o mal na internet provocando os haters e/ou sendo um.

Ahhhhhhhh sim! Pra isso é NÃO!

Ser preconceituoso e hater está sim fora de moda. Vamos respeitar o próximo ainda que não sejamos iguais, ainda que não precisemos frequentar os mesmos lugares, pensar da mesma forma, interpretar igual.

Preconceito? Diga não!

Beijo! Beijo!
She

Comentários

  1. boa, She! a pessoa preconceituosa sempre perde, deixa de conhecer, aprender.
    fora que é um mega atestado de burrice julgar algo sem conhecer, sem saber como é.
    feliz q tenha voltado ao blog! legal!

    ResponderExcluir
  2. Amada, vc tem toda a razão , se as pessoas tirarem a trava do preconceito de seus olhos, terão uma vastidão de coisas para conhecer e aproveitar, a vida é curta demais pra que não nos darmos ao luxo de vive-la em sua plenitude. Ah! adoroooooooooo uma sex shop, tem cada coisa delicinha por lá que apimenta a relação e tb nos diverte muito, sem preconceitos atende a todos os gostos e bolsos, eu recomendo!Feliz demais com teu retorno, bjuivos no coração. Loba.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a comparação. Eu nunca fui a um sex shop, mas tenho curiosidade de ir, talvez nem compre nada, mas queria ir para ver o que realmente vendem lá. Isso também ocorre com os canais que falam abertamente sobre sexo e as relações, eu assisto as vezes um que acho muito bom.
    Não fui assistir para aprender a fazer nada, o que muita gente pensa também, mas aprender sobre as pessoas, é muito interessante, acabei sem querer aprender também sobre sexo, embora não fosse o meu intuito.
    As pessoas falam demais, julgam demais e esquecem de viver. Apontar o outro é mais fácil do que olhar para si mesmo, é mais cômodo.
    Preconceito não é comigo. Algum dia eu conheço um sex shop.rsrs
    bjs

    ResponderExcluir
  4. O tema sexo é muito vasto e cheio de preconceito. Às vezes fico chocada com comentários maldosos sobre a vida sexual alheia e fico imaginando que tipo de relação tem essa pessoa. É triste e inaceitável qualquer tipo de preconceito. E o pior, quem espalha acaba colhendo pra si tudo o que espalhou.
    Que bom que voltou!
    Beijo!
    Clara Lúcia

    ResponderExcluir
  5. Preconceito de nenhum tipo é bom, né amiga! beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Ei, seja bem-vindo! Deixe aqui as suas impressões...

Postagens mais visitadas deste blog

Plástico-bolha surgiu por acidente

A pegada