Praticando o desapego!

foto tirada da internet


"O exemplo do DESAPEGO vem das abelhas.
Após construírem a colmeia, abandonam-na.
Não a deixam morta em ruínas, mas viva e repleta de alimento!
Todo mel que fabricaram, além do que necessitavam, é deixado.
Batem asas para a próxima morada sem olhar para trás.
Num ato incomum, abandonam tudo o que levaram a vida para construir!
Deixam o melhor que têm, seja pra quem for - o que é muito diferente de doar o que não tem valor ou dirigir a doação para alguém de nossa preferência.
Se queremos ser LIVRES e parar de sofrer pelo que temos e pelo que não temos, devemos abrigar um único desejo: o de nos transformar.
Assim, quando alguém ou algo tem de sair de nossa vida, não alimentamos a ilusão da perda.
Sofrimento vem da fixação a algo ou a alguém.
Apego embaça o que deveria estar claro: por trás de uma pretensa perda está o ensinamento de que algo melhor para nosso crescimento precisa entrar.
Se não abrirmos mão do velho, como pode haver espaço para o novo ?"
autoria desconhecida

Comentários

  1. Minha querida amiga Sheila,

    Gosto de+ de como você escreve... Simplesmente linda essa mensagem! Tão bem representada nesta figura – abelhas e colméia.

    Que pena que existem muitas pessoas que se apegam ao desapego – essa forma de ego ainda mais sutil. Desapeguemo-nos dos apegos e desapegos; entreguemo-nos a Liberdade!

    Um beijo cheio de ternura no teu coração,

    Edson Carmo

    ResponderExcluir
  2. Oi meu querido Edson!
    É sempre uma grande felicidade te ter por aqui, principalmente em saber que vc gosta de como eu escrevo, pois reciprocidade é tudo!
    Adorei o seu comment!
    Beijocas e mais beijocas! :))

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Ei, seja bem-vindo! Deixe aqui as suas impressões...

Postagens mais visitadas deste blog

Plástico-bolha surgiu por acidente

A pegada